Dos sabores e da salsa!

CUBA: Ilha atrai visitantes especialmente devido à combinação de mistério e carisma

Dos sabores e da salsa!

 

CUBA: Ilha atrai visitantes especialmente devido à combinação de mistério e carisma

 

Praias lindíssimas, mar azul turquesa, areia fininha e muito branca... Clima de verão eterno, com médias anuais de 25º a 27º, e verão de 32º!

Cuba atrai visitantes por uma combinação de mistério e carisma. É uma ilha que dança sensualmente ao ritmo da rumba e do son, que continua a produzir os charutos mais desejados do mundo enquanto mantém por mais de 50 anos o único regime comunista das Américas, a menos de 50 milhas da Flórida, desafiando o país vizinho. Não fosse por tudo isso, Cuba ainda valeria a pena pela simpatia dos cubanos, pelo daiquiri e muito mais.

 

Há duas moedas circulando em Cuba: o Peso Cubano, usado pela população em geral e o Peso Convertible, destinado somente aos turistas e com taxas de câmbio próprias.  Mas não haverá qualquer problema em usar dólares americanos nos resorts onde Euros também são aceitos.
 

Extremamente musical, com herança afro mesclada à espanhola, Cuba é a pátria da rumba e do son. Esse ritmo influenciou a salsa e o merengue, contagiando o mundo através de grupos como o Buena Vista. Em Havana, especialmente, há sempre alguma atividade musical acontecendo na rua, nos bares, em festivais. O jazz cubano também é de primeira, imperdível!


Agora, se quiser algo bem turístico, a dica é o show do Tropicana, ao estilo Las Vegas, como costumava acontecer nas décadas de 40/50. Ajuste sua programação em Havana reservando alguma noite para ver uma apresentação de dança ou música no Gran Teatro de La Habana. Vai valer a pena!

 

Havana


Havana, que já foi o paraíso de férias dos norte-americanos antes da era Fidel Castro, está voltando a mostrar todo o esplendor de sua arquitetura colonial espanhola em La Vieja Habana, a parte mais antiga da cidade – uma vasta área de palacetes, casarios multicoloridos e igrejas com suas fachadas em estilo barroco, art nouveau, e art dèco, declarada patrimônio da humanidade pela Unesco e em processo de recuperação.
 

Prepare a câmera e comece a fotografar janelas, arcos, vielas. Só não aponte a câmera para as cubanas vestidas em trajes típicos, com turbantes e tudo mais, porque o clique pode te custar alguns dólares!
 

É também na cidade velha que fica outro ícone de Havana, o bar La Bodeguita Del Medio, onde foi inventado o Mojito, bebida feita com rum, suco de limão e hortelã, ideal para o calor do Caribe.
 

Percorrer os pontos principais em Havana é um dos muitos prazeres que a cidade oferece, transportando o turista à atmosfera dos anos 40/50, quando a cidade era a meca de magnatas e das estrelas de Hollywood. Aliás, essa atmosfera saudosista e curiosa também está presente nas ruas, nos carrões americanos “vintage” que ainda rodam por lá. E, se quiser viver uma experiência única, embarque num cocotáxi, veículo de três rodas que mais parece um “orelhão” motorizado.
 

O que provar

 

  • Moros y Cristianos – arroz e feijão preto, cozidos na mesma panela com carne de porco.
  • Congrís – arroz e feijão vermelho, cozidos na mesma panela (como o nosso baião de dois)
  • Picadillo a la habanera – carne (de vaca ou porco) com tomates, pimentão, azeitonas e uvas-passas. Geralmente servido com banana frita, arroz e ovos
  • Ajiaco – é o prato nacional. Guisado de vegetais feito de mandioca, nabos, cenoura, ervas, alho, cebola, pimentão verde.
  • Chicharrones de puerco – torresmos de porco.
  • Plátanos – bananas fritas cortadas bem finas.

 

Sobremesas

  • Guenguel – doce feito com milho ralado, açúcar e canela (como curau)
  • Frutas frescas ou em calda – coco, goiaba, mamão
  • Arroz doce
  • Pudim de leite
  • Goiabada com queijo

 

Na certeza de uma “volta ao tempo”, vale a pena conferir cada canto deste país encantador, em beleza, praias e o embalo da salsa!



Sobre o autor: Editora Luxor

Editora Luxor

Redação Editora Luxor